• Pontaria Novo Governo
  • BOLETOS ON-LINE
  • coffee news mudou para melhor
  • sindeprestem 2018
  • CONTRIBUIÇÃO PATRONAL 2018

23/08/2019 | Arrecadação federal cresce 2,95% em julho e atinge R$ 137,7 bi, a melhor para o mês em oito anos - Folha de S. Paulo

A arrecadação federal teve crescimento real (descontada a inflação) de 2,95% em julho e atingiu R$ 137,73 bilhões, a melhor para o mês desde 2011, em valores já corrigidos, informou a Receita Federal nesta quinta-feira (22).

No acumulado do ano, a arrecadação soma R$ 902,5 bilhões, a melhor para o período desde 2014.

Na receita de tributação (chamada de receitas administradas), item mais relacionado à situação de indicadores macroeconômicos, a arrecadação foi de R$ 127,637 bilhões em julho. O valor representa um aumento real de 4,15% frente a um ano atrás.

Houve crescimento real de 21% na tributação sobre o lucro das empresas na comparação anual, para R$ 30,3 bilhões.Contribuiu para a melhora no mês o avanço de 9,85% na arrecadação com IOF (Imposto sobre Operações Financeiras).Nas chamadas receitas não-administradas, que incluem principalmente ganhos com royalties de petróleo, a arrecadação foi de R$ 10,097 bilhões. O número representa uma queda real de 10,18% em um ano.

Segundo a Receita, o desempenho de julho foi influenciado por arrecadações extraordinárias de R$ 3,2 bilhões no Imposto de Renda para Pessoa Jurídica e na CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido). Também foi beneficiado pelo crescimento da arrecadação dos depósitos judiciais.

No primeiro semestre, a arrecadação federal havia subido 1,8% em relação ao mesmo período de 2018, já descontada a inflação, para R$ 757,6 bilhões. 

Apesar da elevação dos ganhos com tributos no semestre, as contas do governo ainda apontam uma defasagem em relação ao que estava projetado no Orçamento deste ano, o que levou o Ministério da Economia a anunciar novo bloqueio de recursos de ministérios, no valor de R$ 1,4 bilhão.

O enfraquecimento do desempenho da economia brasileira é um dos fatores que geram impacto nos resultados da arrecadação de tributos.

Desde a aprovação da Lei Orçamentária Anual de 2019, a projeção de receitas para este ano caiu em mais de R$ 35 bilhões.

Fatos e Notícias

Home Logo01
Home Logo02
Home Logo03
Home Logo04
Catho
Up Plan Logo 02