• Facebook
  • Youtube
  • Twitter
  • Banner Palavra Do Presidente 02
  • Fatos & Notícias
  • BOLETOS ON-LINE
  • app do sindeprestem
  • coffee news mudou para melhor
  • sindeprestem 2018
  • CONTRIBUIÇÃO PATRONAL 2018
  • Home
  • Notícias
  • Últimas Notícias
  • 28/09/2018 | Novo presidente da CNC busca outras associações para defender Sistema S - Valor Econômico

28/09/2018 | Novo presidente da CNC busca outras associações para defender Sistema S - Valor Econômico

Eleito ontem o novo presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o empresário amazonense José Roberto Tadros tem buscado uma articulação conjunta com outros mandatários de associações nacionais para defender, diante do próximo presidente da República, o modelo atual do Sistema S, conjunto de organizações das entidades corporativas voltadas para o treinamento profissional, assistência social e consultoria.

"Tenho conversado muito com o Robson Andrade [presidente da Confederação Nacional da Indústria, a CNI]. Temos de unir as confederações e levarmos o novo presidente a uma imersão no sistema", alega. "O Sistema S funciona. São exemplos de gestão, e os recursos não são do governo, são privados. Nós preparamos mão de obra."

A fala de Tadros tem motivo. Tanto Jair Bolsonaro (PSL) quanto Fernando Haddad (PT), que lideram as pesquisas, colocam em xeque o modelo. Guru econômico do candidato do PSL, o economista Paulo Guedes, em suas palestras para o mercado, tem defendido acabar com todos os repasses. Já o ex-prefeito de São Paulo fala em "enquadrar" o sistema. "Eles têm de mudar a governança, aumentar transparência, sobretudo com o ensino médio e a juventude. O Sistema S se apropria de dinheiro público e o trata como privado", declarou o petista recentemente.

O Sistema S é custeado pela contribuição das empresas e passou a ser administrado pelas federações patronais. No ano passado, elas receberam R$ 16,4 bilhões em repasses da Receita Federal. Senac, Senai e Sesi são donos de escolas de educação básica, profissionalizantes, faculdades e sistemas de ensino. Além dessas três, o Sistema S é formado por seis organizações: Sesc, Sebrae, Senar, Sest, Senat e Sescoop.

Tadros, de 72 anos, é há 32 anos presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amazonas (Fecomércio-AM) e assumirá o comando da CNC em 19 de novembro, em substituição a Antônio Oliveira Santos, de 91 anos e igualmente há bastante tempo no cargo: está desde 1980 à frente da confederação.

Últimas Noticias

Home Logo01
Home Logo02
Home Logo03
Home Logo04
Catho
Up Plan Logo 02